FESTIVAL RESGATE DO CANTO NATIVO INICIA NESTA SEXTA-FEIRA

FESTIVAL RESGATE DO CANTO NATIVO INICIA NESTA SEXTA-FEIRA


Publicado em: 22/01/2021 12:57 | Fonte/Agência: Departamento de comunicação

Whatsapp

 

O CTG Herança Paternal se tornará palco para mais um importante evento da nossa cultura regional.

A partir desta sexta-feira, 22, acontece a 3ª edição do festival Resgate do Canto Nativo, um projeto liderado pelos pedritenses Ayrton Bueno e Nataniel Barreto dos Reis, que teve início em 2014, visando valorizar os artistas aqui nascidos ou residentes e a capacidade de desenvolverem composições do gênero nativista.

O início será às 19h, o RCN contará com a apresentação de 10 músicas inéditas concorrentes, avaliadas pelos jurados Alexandre Brose, Fábio Peralta e Nelcy Vargas. Logo após, haverá um show de intervalo, com atrações locais.

Neste ano, em razão das barreiras impostas pela pandemia da Covid-19, o festival adotará um formato distinto: Sem público, porém, com músicos em palco.

Os organizadores destacam que as bandas estarão devidamente divididas, pois, cada uma terá um horário de apresentação próprio. A comissão do festival ainda reforça a informação de que todas as medidas de prevenção e distanciamento serão respeitadas, inclusive, estarão disponíveis termômetros para a verificação da temperatura dos participantes, bem como todo o aparato necessário para a total segurança dos mesmos.

No sábado, dia 23, o festival continua, com a realização de uma live solidária em prol da Associação dos Pais e Amigos dos Autistas (APAA), também a partir das 19h, onde diversos artistas de nossa terra estarão contribuindo com o espetáculo, todos engajados no mesmo ideal.

Ao longo da transmissão, serão repassadas informações para que, de casa, o público possa colaborar, enviando doações de qualquer quantia em dinheiro, a partir de R$ 10,00.

Todo o valor arrecadado será usado para arcar com as despesas e demais necessidades da APAA.

Lembrando que a 3ª edição do Resgate do Canto Nativo é mais um dos projetos aprovados e financiados pela Lei Emergencial Aldir Blanc, além de contar com o apoio da Prefeitura de Dom Pedrito e Governo do Estado do Rio Grande do Sul - Novas Façanhas.